Busca

oziasmoura43

não vire a costa como resposta

Ozias Moura


.155136443_4112689_20708993[2]


Embora  em situação de risco façam parte de um grupo com muitas necessidades, por suas condições de vida acabam tendo dificuldades de acesso aos serviços públicos existentes em seus bairros de origem, agravando a situação de risco em que se encontram. Em levantamento realizado,

Apontam a falta de articulação entre as instituições e a falta de vagas para abrigamento, tratamento de saúde nas áreas de saúde mental (problemas psiquiátricos, drogas, deficiência mental), ginecologia e odontologia como fatores que dificultam o atendimento desta população. Para ser acessível, um serviço precisa oferecer atendimentos que são fáceis de se iniciar e manter, o que depende por um lado de características do próprio serviço, mas por outro das condições dos usuários para superar os diferentes obstáculos para atingí-lo, como os financeiros (transporte), espaciais, sociais e psicológicos

 existem três tipos de barreiras que dificultam o acesso aos serviços de saúde mental.

arreiras estruturais: falta de serviços, longas listas de espera, não cobertura de seguro, impossibilidade de pagar pelo atendimento, problemas de transporte, serviços inconvenientes.

 Barreiras relacionadas à percepção sobre os problemas de saúde mental: dificuldade dos pais, professores e profissionais de identificarem a necessidade de atendimento; negação da gravidade do problema; crença de que o problema não necessita de atendimento.

 Barreiras relacionadas à percepção sobre os serviços: falta de confiança, experiências anteriores negativas, falta de desejo da criança em receber o atendimento, estigma de estar em tratamento.

( Ozias Moura )

AMÉM


Parabéns / Ozias Do Nascimento Moura Moura!!!
 PSICANÁLISE CLÍNICA CRISTÃ

.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: